Teletrabalho obrigatório até ao fim do mês

A informação foi transmitida esta quarta-feira, pela ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, na reunião de Comissão Permanente de Concertação Social.

Em princípio, o Governo irá manter a obrigatoriedade do teletrabalho por mais 15 dias, ou seja, até ao final do mês, estendendo o prazo previamente definido. Esta possibilidade já tinha sido antes ponderada na anterior reunião da Comissão de Concertação Social.

No mês anterior, e devido ao término do estado de emergência, o Governo redefiniu a acabamento do período de teletrabalho para 16 de maio, contrariando a medida anterior que definia que o regime de teletrabalho iria ser cumprido até ao final do ano.

“O Governo prevê manter o teletrabalho obrigatório nos termos atuais até ao final de maio”, afirmou João Vieira Lopes, presidente da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP) no final da reunião com o Governo, em declarações para o jornal Público.

Notícias relacionadas