Dezenas de enfermeiros protestam por melhores condições de carreira no Porto

Enfermeiros em protesto acabaram por cortar o trânsito na rua de Santa Catarina, revoltados por falta de condições de carreira.

Dezenas de enfermeiros firmaram-se, esta manhã de quarta-feira, frente à Administração Regional de Saúde (ARS) do norte, na conhecida rua de Santa Catarina, no Porto. Os profissionais de saúde exigem progressão na carreira, compensação pelo risco laboral e a vinculação dos precários, como os profissionais contratados para combater a pandemia.

Nos cartazes dos participantes “somos necessários, exigimos a nossa vinculação”, ” Costa, aqui estou eu revoltado pela forma que me tens tratado” e ” sem progressão não há qualificação” são algumas das frases inscritas.

Os enfermeiros em protesto exigem à ARS/Norte o agendamento de uma reunião pedida pelo Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, que convocou a concentração de hoje no Porto.

Notícias relacionadas