Final da Liga dos Campeões rendeu 400 mil euros ao F.C.Porto

A final que opôs Chelsea e Manchester City, disputada no Dragão, implicou a cedência do estádio durante uma semana e rendeu quase meio milhão de euros ao clube anfitrião.

O FC Porto disponibilizou o Estádio do Dragão à UEFA para disputar a final da Liga dos Campeões, o que resultou no encaixe de cerca de 400 mil euros à tesouraria dos azuis e brancos, avançou o Jornal de Notícias.

A cedência do recinto durou uma semana e foram necessárias algumas obras de melhoramento e manutenção, como pinturas e a ampliação da bancada de imprensa.

Recorda-se que a cidade do Porto foi escolhida para substituir a de Istambul, no seguimento das dificuldades intransponíveis de viagens dos adeptos ingleses, tendo em conta que a Turquia integra a lista vermelha do Reino Unido.

Notícias relacionadas