Ex-bombeiro detido por atear 28 incêndios florestais em Gondomar e Santa Maria da Feira

A Polícia Judiciária (PJ) do Porto deteve um indivíduo, de 21 anos, suspeito de ter ateado 28 incêndios florestais nas freguesias da Lomba e de Canedo, em Gondomar e Santa Maria da Feira, respetivamente. O homem já foi bombeiro cadete.

A PJ, com a colaboração do Grupo do Norte para a Redução de Ignições Florestais, identificou e deteve, fora de flagrante delito, o presumível autor de, pelo menos, vinte e oito incêndios florestais, ocorridos em Gondomar e Santa Maria da Feira, nas freguesias da Lomba e Canedo, respetivamente.

Em comunicado, a PJ refere que os fogos foram provocados com recurso a isqueiro, tendo o autor ateado os incêndios em zonas de caminhos, confinantes com povoamento florestal.

“A área confinante com os terrenos onde foram ateados os incêndios é habitacional, com várias moradias e floresta, tendo ardido áreas diversas que só não atingiram proporções maiores devido ao rápido combate desenvolvido pelas corporações de bombeiros de Valbom e de S. Pedro da Cova”, sublinha a PJ.

De acordo com os elementos indiciários existentes, suspeita-se que este indivíduo poderá ser responsável por outros incêndios, cuja investigação se encontra a decorrer e que se inscrevem num número elevado, que se têm verificado naquela localidade.

O homem deverá ser ouvido esta segunda-feira em primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

Notícias relacionadas