As escolha culturais da Rádio Portuense para esta semana

Pelas ruas da cidade!

Mercado de Natal instala-se na Praça da Batalha até ao final do ano

A magia da tradição natalícia regressou à Praça da Batalha desde sábado, dia 27, com a abertura do Mercado de Natal do Porto. Lá, os visitantes vão encontrar uma oferta que vai do artesanato e gastronomia à moda, passando pelos brinquedos e bijuteria.

Não faltam opções para quem procura ideias para as compras de Natal, ou simplesmente para dar um passeio e apreciar as pequenas casas de madeira ocupadas pelos mais diversos produtores e artesãos.

O Mercado de Natal do Porto, organizado pelo Mercado da Alegria na Praça da Batalha, inaugura no passado sábado, 27 de novembro, e vai manter-se no local até 31 de dezembro. Está aberto todos os dias, das 10 às 20 horas.

O convite para a visita ao Mercado de Natal do Porto é extensivo ao comércio tradicional de rua da cidade, retratado num vídeo promocional que aborda as tradições e o património cultural, social e arquitetónico do Porto.

O vídeo promocional dedicado ao comércio tradicional de rua é um convite à descoberta das tradições e do património cultural, social e arquitetónico do Porto.

Desde barbearias e mercearias tradicionais, livrarias, alfarrabistas, cafés antigos, ourivesarias, lojas de tecidos e retrosarias, entre outras, o vídeo ilustra alguns destes locais emblemáticos, alguns centenários, onde é possível comprar os produtos mais originais e, em simultâneo, desfrutar de um atendimento personalizado e de uma experiência de compras exclusiva.

Inauguração das Luzes de Natal na Cidade do Porto

As luzes de Natal nas ruas da cidade do Porto e a árvore de Natal em frente aos Paços do Concelho, serão acesas na próxima quarta feira. No entanto, e por questões sanitárias face ao covid-19, não haverá lugar a cerimónia de inauguração da iluminação natalícia da cidade.

Também o facto de nesta altura as obras em curso por parte da Metro, referentes à Linha Rosa, entre S. Bento e a Casa da Música que estão a condicionar o trânsito na baixa, foram decisivas para esta decisão da autarquia.

O programa deste dia inclui ainda um concerto gratuito no Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota, com Bárbara Tinoco e vários convidados.

Luzes de Natal em 2019

Maior árvore de Natal do país já brilha em Ermesinde

Uma árvore gigante, com 55 metros de altura, que já ilumina o Parque Urbano de Ermesinde. Uma bola de Natal, também ela gigante, que vai dar luz à Praça Machado dos Santos, no centro de Valongo, a partir das 18.30 horas de sexta-feira. O mesmo dia em que as cores alusivas à quadra festiva vão passar a iluminar todas as freguesias do concelho: além de Valongo e Ermesinde, há Alfena, Campo e Sobrado. A programação natalícia da Câmara de Valongo inclui concertos, exposições, teatro e muita animação na rua.

Programa Completo aqui

TEATRO

“A Nova Cinderela no Gelo” – Espetáculo produzido em exclusivo e com estreia absoluta no MAR Shopping Matosinhos, em cena entre 1 de dezembro de 2021 e 5 de janeiro de 2022

A equipa de sucesso por trás de sucessos de bilheteira como “Alice e o País das Maravilhas no Gelo” ou “O Peter Pan no Gelo” volta a assinar este Natal mais um espetáculo sobre patins que fará as crianças sonhar com uma nova história. “A Nova Cinderela no Gelo” apresenta uma protagonista dos nossos tempos, sem medo de perseguir os seus sonhos, e estará em cena na Arena AM Live, no MAR Shopping Matosinhos, entre 1 de dezembro de 2021 e 5 de janeiro de 2022. Carolina Deslandes e IRMA irão alternadamente protagonizar o espetáculo de teatro musical no Gelo (dando ambas corpo a Cinderela mas em sessões diferentes), à frente de um elenco composto por atores, cantores e patinadores de grande talento. É mais uma grande produção da AM Live em exclusivo e estreia absoluta para o MAR Shopping Matosinhos, com encenação de João A. Guimarães.

Classificação M/3 | Bilhetes

Arquivo Presente do Porto estreia este sábado

Arquivo Presente do Porto é a mais recente criação da atriz e encenadora Rita Morais e tem estreia marcada no espaço Confederação, no Porto, no próximo sábado, dia 4 de dezembro, às 19h30, inserida na programação da iniciativa da Câmara Municipal do Porto, Cultura em Expansão 2021.

Haverá ainda sessões do espetáculo no domingo, dia 5, às 17h e às 21h30, e na segunda, dia 6 de dezembro, às 21h30. No dia 4 de dezembro, sábado, o espetáculo terá entrada gratuita, no âmbito do Cultura em Expansão 2021.

Partindo de uma investigação sobre a atividade teatral da cidade do Porto, Arquivo Presente do Porto é um espetáculo de teatro que assenta na relação entre o artista e a sociedade, a documentação e a ficção e o passado e o futuro de uma cidade.

O ponto de partida para o espetáculo foi uma série de encontros-jantares entre artistas portuenses contemporâneos, que têm em comum a sua relação com a cidade do Porto e o desenvolvimento de trabalho artístico na área do teatro. Destes encontros resultou um trabalho de investigação e debate sobre o tecido artístico do Porto, com o objetivo de trazer o ato de arquivar para os dias de hoje, auscultando e “arquivando o presente”, gerando discurso e ação sobre o passado, o presente e o futuro do fazer teatral.

Arquivo Presente do Porto conta com interpretação de Alexandre Sá, Célia Fechas, Diana Sá e Teresa Coutinho, sob orientação de Rita Morais. Através de um cruzamento inevitável entre a mesa e o palco, o espetáculo explora a relação do artista com a cidade, estimulando a partilha de memórias passadas e de intenções futuras. 

Arquivo Presente do Porto é a segunda incursão de Rita Morais pela investigação da atividade teatral contemporânea de uma cidade, depois de Arquivo Presente de Guimarães, um espetáculo produzido pelo Teatro Oficina e estreado em julho deste ano no Centro Cultural Vila Flor. Partindo da mesma premissa inicial, estes dois “arquivos teatrais” resultam num objeto artístico final distinto, fruto dos contributos de cada artista e do processo de investigação inédito e vivo.

EXPOSIÇÕES

“DIA DO SELO”Mostra de Literatura Filatélica Portuguesa1 a 10 de Dezembro de 2021

A Direcção do Clube de Coleccionadores de Gaia inaugura a Mostra de Literatura Filatélica Portuguesa “Dia do Selo”, dia 1 de Dezembro (Quarta-Feira), às 11 horas, no Centro Comercial de Cedofeita, loja 56-A na cidade do Porto.

A inauguração contará com a presença dos CTT (Carimbo comemorativo, Selo personalizado e Postal máximo).

Inauguração, dia 1 (quarta-feira), com a presença dos CTT – Correios de Portugal e carimbo comemorativo para obliterar toda a correspondência solicitada às 11h00, a ter lugar no Centro Comercial de Cedofeita, loja 56-A na cidade do Porto.

Restantes dias: Segunda a Sábado, 10h às 18h

Esta mostra filatélica integra-se na comemoração anual do “Dia do Selo”, contando com os apoios da Federação Portuguesa de Filatelia, CTT – Correios de Portugal, Centro Comercial de Cedofeita e da Junta de Freguesia de Pedroso/Seixezelo.

Abelha XI . Mercado de Arte no Centro Comercial de Cedofeita

Depois de um ano “fechados” em casa, as abelhas voam de volta para a décima primeira edição do Abelha 🐝 , Mercado de Arte no dia 4 de Dezembro.Com o objetivo de promover o trabalho dos artistas e o amor crescente pela arte na nossa cidade, a HIVE organiza este mercado a decorrer no Centro Comercial de Cedofeita onde encontrarás ilustração, pintura, cerâmica e fotografia vindo das mãos e imaginação das nossas Abelhas.

Vamos fazer este Abelha com a mesma alegria dos anteriores mas conscientes que todos nós temos que cumprir e fazer cumprir as regras e recomendações de saúde relativas ao Covid-19.

SÁBADO, 4 DE DEZEMBRO DE 2021 ÀS 14:00 – 19:00

CONCERTOS

THE LAST INTERNATIONALE no Hard Club – Dia 4 de Dezembro

Os The Last Internationale vão andar em tour ibérica em Dezembro e em Portugal têm três datas marcadas sendo uma delas no dia 4 de dezembro às 21:00h no Hard Club.

The Last Internationale é uma banda de rock de Nova Iorque. O álbum de estreia, We Will Reign, foi lançado pela Epic Records em 2014 e foi produzido pelo produtor de rock vencedor de um Grammy, Brendan O’Brien, e conta com o baterista Brad Wilk (Rage Against the Machine), que se juntou à banda também na digressão.

O aguardado segundo álbum da banda, Soul On Fire, é lançado em fevereiro de 2019. Foi produzido nos Estúdios Sá de Bandeira em Portugal. Na bateria conta com Joey Castillo(Queens of the Stone Age). O primeiro single do álbum, “Hard Times”, alcançou o primeiro lugar nas paradas de blues do iTunes no Reino Unido e alcançou o top 20 em muitos países diferentes ao redor do mundo.

“The Last Internationale é um dos meus favoritos na próxima onda de roqueiros rebeldes. Eles são crus e reais e misturam as sensibilidades do rock do East Village com o poder de fogo d’O Couraçado Potemkine.” – Tom Morello (Rase Against the Machine, Audioslave, Prophets of Rage).

Nesta Tour ibérica contam com a ajuda de Eloy Casagrande dos Sepultura na bateria.

Bilhetes

Festival In Spiritum regressa com convite à descoberta da cidade através da música

Um ano e meio volvido, o Festival In Spiritum está de regresso entre os dias 1 e 12 de dezembro. A sexta edição do evento passa por vários locais para redescobrir o património histórico através da música.

De 1 a 12 de Dezembro, o convite é para partir à descoberta da cidade através da música, numa experiência única em cada lugar. O Festival In Spiritum regressa para a sexta edição, dando continuidade à missão de criar um roteiro musical pelo património e lugares onde os concertos decorrem. Um dos princípios fundadores do festival foi o da valorização do património do Centro Histórico do Porto, classificado pela UNESCO como Património Cultural da Humanidade em 1996.

A programação do festival arranca no feriado de 1 de dezembro, com um concerto no Salão Árabe do Palácio da Bolsa. No domingo, 5 de dezembro, o Museu da Cidade – Extensão do Romantismo recebe a soprano Raquel Camarinha e o pianista francês Yoan Héreau.

A Igreja Românica de Cedofeita (dia 8), a Igreja de São João Novo (dia 11), e o Terminal de Cruzeiros de Leixões, em Matosinhos (dia 12) são os outros espaços por onde vai passar o Festival In Spiritum 2021, uma coprodução da Associação Cultural In Spiritum e da Câmara do Porto, com direção artística do maestro Cesário Costa.

Os bilhetes estão à venda na ticketline, e os preços dos concertos variam entre os 15 e 20 euros. Consulte mais informações aqui.

“Podia Ser Natal”: UHF dão concerto especial de Natal no Coliseu do Porto

Durante mais de quarenta anos, os UHF têm cruzado a música rock, criando um  universo próprio e sem fronteiras, como genuínos que são.

É através deste longo percurso que a banda, hoje composta por António Manuel Ribeiro (voz e guitarra), António Côrte-Real (guitarra), Luís ‘Cebola’ Simões (baixo), Ivan Cristiano (bateria), se prepara agora para celebrar o Natal, condensando mais de 40 anos de história e ainda alguns dos maiores êxitos natalícios da língua inglesa num acontecimento musical elaborado: junto aos maiores sucessos da banda escutaremos “Morning Has Broken” de Cat Stevens, “Silent Night” que Simon & Garfunkel popularizaram e “Hallelujah” de Leonard Cohen. 

“Podia Ser Natal”, canção dos UHF, é o mote para este concerto especial de Natal, um espectáculo temático que os UHF levam ao palco do Coliseu Porto Ageas no próximo dia 5 de dezembro às, 17H00.  E como convidados teremos o portuense João Grande (TAXI) e o Coral Juvenil do Orfeão de Rio Tinto.

Bilhetes

Plateia 25€ | Tribuna 20€ | Camarote de 1ª (6 lugares) 150€

Sugestões Musicais

“Um Natal todo dia” – José Malhoa, Paulo Ribeiro, Will Souto, Nunno Portugal

Com o aproximar da época natalícia, surgem os temas que vêm sonorizar uma época de paz, solidariedade e amor pelo próximo. “Um Natal todo dia” é a proposta musical de 4 nomes que são sobejamente conhecidos do grande público, José Malhoa, Paulo Ribeiro, Will Souto e Nunno Portugal.

Uma canção que revela que nem todos podem ter uma data especial da mesma forma como a grande maioria a celebra. Todos os dias deviam ser Natal para que não existam apenas nesta altura uma preocupação com situações muitas vezes invisíveis, mas reais, bem ao nosso lado.

Um grito de esperança repetido a quatro vozes para que alguns dos maiores males que assolam o mundo, sejam ultrapassados “…A fome, o choro, o medo tirando o sorriso de rostos de crianças, vivemos num mundo carente de paz e amor e sem esperança…”.
“Um Natal todo dia” é uma canção de esperança, um alerta para situações bem reais mas que devem ser todos os dias recordadas e não apenas numa data específica.

Notícias relacionadas