Ribeira do Porto eleita um dos tesouros do cinema europeu

A Ribeira do Porto foi eleita um dos tesouros do cinema europeu, pelo valor histórico “que deve ser mantido e protegido”. A escolha para incluir aquela zona do Centro Histórico portuense na lista dos Tesouros da Cultura Cinematográfica Europeia foi feita pela Academia de Cinema Europeu (European Film Academy).

“Há muitos anos que tem havido um grande empenho desde que a Ribeira do Porto faz parte do Património Cultural da Humanidade. Há um grande esforço de reabilitação, mantendo aquilo que é a traça original da Ribeira com as suas pontes, o seu casario e as suas gentes. Há um património material e imaterial que percorre vários séculos e várias arquiteturas”, afirmou Rui Moreira.

O autarca lembrou ainda como alguns filmes de Manoel de Oliveira ali foram rodados, como “Douro, Faina Fluvial” (1931), “Aniki Bobó” (1942) e “O Porto da Minha Infância” (2001). Rui Moreira destacou o primeiro, porque “exalta o que era a Ribeira de então. Hoje é um pouco diferente, deixámos de ver lá navios, mas continuamos a ver no fundo as mesmas pessoas, o mesmo casario, as mesmas pontes. É talvez aquilo que a nós, portuenses, mais nos recorda Manoel de Oliveira”.

A iniciativa — que distinguiu, até ao momento, 35 locais em países como França, Itália, Espanha, Reino Unido, Polónia, Islândia, Escócia, Letónia, Hungria, Dinamarca, Croácia, Alemanha, Suécia, Grécia, Áustria, Rússia, Ucrânia e Arménia — pretende destacar e proteger espaços de filmagem com valor simbólico e histórico para o cinema europeu.

“A European Film Academy está a alargar o seu âmbito e a abraçar o cinema europeu, dos clássicos ao cinema contemporâneo, para celebrar a rica e diversificada herança cinematográfica da Europa. Para isso, foi criado um departamento dedicado ao Património do Cinema Europeu. Como uma das primeiras atividades deste novo departamento e à luz da 35.ª edição dos European Film Awards deste ano, a Academia acrescenta mais 22 lugares aos Tesouros da Cultura Cinematográfica Europeia”, explica a entidade em comunicado.

A Ribeira do Porto é o único lugar português na lista dos Tesouros da Cultura Cinematográfica Europeia, juntando-se a locais em França, Polónia, Espanha, Reino Unido ou Letónia.

Notícias relacionadas