Alunos revoltados com as condições da cantina na Aurélia de Sousa

Os alunos da Escola Secundária Aurélia de Sousa, no Porto, foram surpreendidos quando, por volta da hora de almoço desta segunda-feira, lhes foi informado que a refeição seria apenas um hambúrguer.

Este acontecimento aconteceu na sequência de uma falha técnica no fornecimento de gás.

“Fomos avisados à hora de almoço que não íamos ter uma refeição completa”, disse uma aluna do estabelecimento de ensino, que garantiu que informaram os estudantes que só haveria carne e salada para o almoço.

O Jornal de Noticias refere que apesar dos pedidos de esclarecimento, ninguém da Direção falou aos jornalistas. Coube a uma funcionária explicar o sucedido: “De manhã foi detetada uma avaria no gás que abastece a cantina. Sem fogão, socorremo-nos do formo elétrico. Servimos hambúrgueres, salada e fruta. Procurámos minimizar o problema. Já cá veio um técnico da Parque Escolar e a falha ficou resolvida.”

Para além da situação relatada esta segunda-feira, os alunos queixam-se de vários problemas na cantina escolar, assim como da falta de produtos essenciais, como a disponibilização de papel higiénico nas casas de banho da secundária e de projetores nas salas de aulas.

No início de fevereiro, a Aurélia de Sousa foi falada devido ao desagrado dos encarregados de educação quanto às dificuldades financeiras da escola, nomeadamente pelo peditório levado a cabo pela Associação de Pais para comprar lâmpadas para os projetores.

Segue-nos e partilha:
error

Notícias relacionadas