Hospital de Campanha do Porto vai ser desmontado

Porto já sem COVID-19 hà alguns dias decide desmontar o Hospital de Campanha, instalado no Super Bock Arena/ Pavilhão Rosa Mota.

O jornal Porto.pt afirma que o Hospital de Campanha do Porto, será desmontado nos próximos dias, esta foi uma decisão tomada pelos dois centros hospitalares do Porto, a Secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos e pela Câmara do Porto.

Este hospital foi montado pela Câmara do Porto, com a ajuda do Exército e de algumas empresas privadas, serviu de apoio aos hospitais de São João e Santo António, durante os tempos mais críticos de Covid-19. Toda a gestão deste Hospital de Campanha foi feita pela Secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos e contou com mais de 300 voluntários.

A RTP fez uma campanha solidária para ajudar a Câmara do Porto e angariaram 400 mil euros, o que ajudou a garantir um maior equilíbrio das contas do Município e também a manter o projeto.

O hospital foi também imprescindível para que houvesse uma separação de utentes com teste positivo e negativo.

O Porto foi o primeiro município em portugal, a registar casos de Covid-19 e também foi o mais proativo na concretização de medidas para diminuir os casos, colocando trabalhadores em teletrabalho, encerrando espaços públicos e adquirindo ventiladores em Shenzhen.

Foi também ainda, o primeiro a implementar a fabricação de máscaras testeis e a criar campanhas de sensibilização para o grave problema que o Grande Porto atravessava.

Foto: Notícias ao Minuto

PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas