Matosinhos e Gaia fecham marginais. Gondomar encerra passadiços.

Os municípios de Matosinhos, Gaia e Vila do Conde decidiram encerrar as marginais. Gondomar fecha os passadiços de Gramido e Rio Tinto.

Numa publicação partilhada nas redes sociais, a presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Luísa Salgueiro, explicou a decisão dizendo que “estamos a seguir as orientações do governo. É urgente diminuir as deslocações e os contactos e as marginais são locais muito apetecíveis. O apelo que faço, nesta fase tão difícil que estamos a atravessar, é que, todos os que possam, fiquem em casa. Só conseguiremos travar estes números assustadores se nos comportamos de forma responsável e consciente”.

Em Gondomar, a Câmara comunicou já esta tarde de terça-feira que mandou encerrar os passadiços de Gramido e Rio Tinto, “com efeitos imediatos”.

Em Vila Nova de Gaia também já se avançou com o encerramento da marginal e de jardins do concelho, locais habitualmente muito usados para passeios e em afronta às restrições sanitárias impostas pela DGS.

Em Vila do Conde, foi determinado o encerramento dos passadiços, da marginal e do Parque João Paulo II.

O Porto pondera tomar medida idêntica nas zonas ribeirinhas e na frente marítima. Para já foi anunciado o encerramento de parques municipais murados, parques infantis e cemitérios

Notícias relacionadas