Parlamento repete modelo restritivo de presenças na celebração do 25 de abril

Durante a sessão solene, devem estar menos de cem pessoas na sala das sessões plenárias, com o número de convidados institucionais reduzido ao mínimo. Mas desta vez toda a gente é obrigada a usar máscara.

A Assembleia da República vai repetir, na sessão solene comemorativa do 47.º aniversário do 25 de Abril de 1974, o modelo restritivo de presenças que foi adotado o ano passado face à pandemia da covid-19. O decreto de reforçar o modelo de 2020 foi decidido na reunião da conferência de líderes parlamentares e anunciada pela porta-voz deste órgão, a deputada socialista Maria da Luz Rosinha, nesta quarta-feira.

No ano passado e, já em plena primeira vaga da covid-19 e o país em estado de emergência, entre convidados, deputados e membros do Governo, estiveram presentes menos de 100 pessoas no hemiciclo. A diferença relativamente a este ano será o uso obrigatório de máscara, elemento de segurança sanitária que, em abril do ano passado, o uso da mesma era quase nulo.

FONTE: Público

Notícias relacionadas