Liga Portuguesa é a quinta com menos tempo útil de jogo

O Observatório do Futebol (CIES) analisou 37 campeonatos da Europa – as 30 principais, as cinco segundas divisões dos big 5 (Alemanha, Espanha, França, Inglaterra e Itália) e ainda a Liga dos Campeões e a Liga Europa – entre 1 de julho de 2019 e 3 de março de 2021 e chegou à conclusão que a Liga portuguesa, onde foram analisados 495 jogos, tem o quinto pior tempo útil de jogo – 58,3 por cento, contra os 61,3 de média dos 37 campeonatos.

A principal razão para as paragens é a bola fora das quatro linhas e aqui Portugal aparece no 14.º lugar, com 20,4% de tempo de jogo com a bola fora.
 

Pior ainda só a percentagem de tempo de jogo parado devido a faltas. Aqui Portugal é o terceiro pior – 17,4 por cento do tempo de paragem, apenas atrás de Grécia (19%) e 2.ª divisão de Espanha (18,3%). Ao analisar o número de faltas cometidas por jogo, a Liga Portuguesa surge em 4.º, com uma média de 31,7 faltas por partida. E, em Portugal, perde-se, em média, 32,2 segundos por falta, o 10.º campeonato nesse particular.

Fonte: ABola

Notícias relacionadas