Homem detido por violar companheira em Gondomar

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) do Porto, no dia 6 de maio, deteve um homem de 55 anos por violência doméstica, propagação de doença, violação e incitamento ao suicídio, no concelho de Gondomar.

Na sequência de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito, habitual consumidor de bebidas alcoólicas e com antecedentes criminais por ilícitos da mesma natureza, terá agredido, injuriado e ameaçado de morte a vítima, sua companheira de 46 anos, com quem vivia desde dezembro do ano passado. Durante a investigação, foi apurado que o agressor padecia de doenças sexualmente transmissíveis, factos que terá omitido à vítima, obrigando-a a manter relações sexuais contra a sua vontade, sendo que num dos últimos episódios de violência, o suspeito terá tido um ataque de fúria, levando-o a destruir vários objetos na residência.

Perante a gravidade dos factos, o suspeito foi detido e presente no dia 7 de maio a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal do Porto, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Notícias relacionadas