Já foram intervencionadas 27 escolas em Gaia

A intervenção nas escolas tem um custo de 6 milhões de euros, comparticipado em cerca de 2 milhões pelo Estado.

Em Vila Nova de Gaia, 32 escolas terão intervenções para remover amianto, devido à proibição da comercialização e utilização deste produto a janeiro de 2005. Destas escolas, 21 já viram esta intervenção concluída, 7 estão em curso e as restantes seguir-se-ão em breve.

No total, a intervenção tem um custe de aproximadamente 6 milhões de euros, comparticipado em cerca de 2 milhões pelo Estado. Segundo Eduardo Vítor Rodrigues, presidente da Câmara Municipal, este esforço financeiro reflete, não só a prioridade que o município atribui à educação, mas também “o produto de uma estabilidade económica e financeira que nos permite não apenas fazer as comparticipações nacionais, mas também ir mais longe”.

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, deslocou-se, a 7 de junho, a três estabelecimentos de ensino, com o objetivo de “homenagear Gaia e estas comunidades educativas e agradecer, de forma muito humilde, ao Município, lembrando que Gaia tem ido sempre mais longe do que aquilo que temos pedido aos municípios. E é desta colaboração que nós podemos, todos, ir mais longe”.

Notícias relacionadas