Cadastrado volta a atacar e viola mulher durante duas horas no Porto

Um homem, de 32 anos, foi detido pela Polícia Judiciária do Porto, este domingo, pelos crimes de rapto, violação e roubo, ocorridos na cidade do Porto.

“Os factos sucederam na madrugada do dia 26/09/2021, tendo o autor abordado a vítima na via pública, logrando através de utilização de força física e ameaça conduzi-la para uma zona devoluta e erma, onde a manteve contra a sua vontade e num ambiente de total pavor pelo período de duas horas, no decurso do qual a submeteu a diversas práticas sexuais, violando-a de forma repetida”, refere a PJ em comunicado.

Após consumar o ato, e antes de permitir a fuga da vítima, o violador ainda apropriou-se dos montantes em numerário que a mesma tinha em sua posse.

De acordo com a PJ, a vítima foi posteriormente alvo de assistência médico-legal, tendo as diligências policiais imediatas desenvolvidas com o auxílio da PSP, e posterior recolha de prova, culminado com a detenção, fora de flagrante delito, do autor dos factos.

O detido, que já tinha cumprido 12 anos de pena de prisão por crimes contra a autodeterminação sexual e contra a propriedade, encontrando-se em liberdade desde junho do corrente ano, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Notícias relacionadas