Perdas de água em rede pública são as mais baixas de sempre no Porto

A água não faturada na cidade do Porto atingiu no final de 2021 o valor mais baixo de sempre, sendo este valor apenas 14,8%. O grande investimento na rede de águas já centenária da cidade do Porto, por parte da Águas e Energias do Porto é um dos fatores fundamentais para esta descida.

A empresa Águas e Energias do Porto, tem vindo a desenvolver um leque de medidas e estratégias sob a rede de águas da cidade que permitiu assim conseguir uma descida acentuada dos valores de perda de água em rede pública. As estratégias desta empresa conseguiram em apenas um ano, reduzir o índice de água não faturada em cerca de 3 pontos percentuais, descendo de 17,1% em 2020 para os atuais 14,8%. 

Este investimento que se intensificou nos últimos anos permitiu posicionar o Município do Porto no lugar da frente do combate ao desperdício de água potável que visa aumentar a sustentabilidade ambiental, social e económico-financeira do sistema e da cidade do Porto.

O Programa de Gestão e Redução de Água Não Faturada está integrada numa estratégia global que implica a monitorização em tempo real, de toda a rede pública através de mais de 280 equipamentos e sensores, a que se juntam ainda plataformas de análise, inteligência artificial e machine learning para apoiar a gestão e decisão. As Águas e Energias do Porto contam com um sistema municipal com mais de 80 zonas de abastecimento controladas e têm diariamente várias equipas de técnicos especializados no terreno que trabalham em prol da deteção e localização prévia das avarias e fugas de água, permitindo uma atuação rápida e eficaz na sua resolução.

Notícias relacionadas