Porto na corrida a Capital Europeia de Turismo Inteligente 2023

O Porto está entre as sete cidades pré-selecionadas pela Comissão Europeia para o prémio de Capital Europeia de Turismo Inteligente 2023.

Conjuntamente com a Invicta, estão selecionadas, entre 29 candidaturas de 13 países, as seguintes cidades: Aarhus (Dinamarca), Gijón (Espanha), Pafos (Chipre), San Sebastian (Espanha), Sevilha (Espanha) e Zagreb (Croácia).

O concurso é uma iniciativa da União Europeia, financiada ao abrigo do Programa Cosme, que visa promover o turismo inteligente na UE, premiando cidades pelas suas abordagens pioneiras em termos de acessibilidade, digitalização, sustentabilidade, património cultural e criatividade. Com base na experiência bem-sucedida de uma ação preparatória proposta pelo Parlamento Europeu, a iniciativa visa promover o desenvolvimento turístico inovador, sustentável e inclusivo, bem como divulgar e facilitar o intercâmbio de boas práticas.

A este prémio podem concorrer cidades da União Europeia com uma população superior a 100 mil habitantes. As candidaturas foram avaliadas por um rigoroso painel de peritos independentes. Os candidatos com a pontuação geral mais elevada em todas as categorias passaram à fase seguinte. As cidades pré-selecionadas serão, agora, convidadas a apresentar as suas candidaturas perante um júri europeu, que selecionará, em definitivo, as capitais europeias de turismo inteligente 2023.

Desde 2018, o concurso proporcionou uma plataforma para expor histórias de sucesso e práticas de destaque. Os vencedores das edições anteriores, Helsínquia e Lyon (2019), Málaga e Gotemburgo (2020), Valência e Bordéus (2022), são modelos a seguir para o turismo inteligente na Europa e estão internacionalmente classificadas nos primeiros lugares ao nível da sustentabilidade, inovação, qualidade de vida e integração de práticas inteligentes.

Notícias relacionadas