Polícia Marítima acaba com convívio em embarcação privada em Gaia

A Polícia Marítima acabou hoje de madrugada com um convívio de seis pessoas a bordo de uma embarcação privada atracada na Marina do Douro, em Vila Nova de Gaia, distrito do Porto, adiantou fonte desta força policial.

As pessoas, que terão sido surpreendidas por volta das 04:00 desta madrugada, estavam sem máscara, sem cumprir o distanciamento social e em incumprimento do dever geral de recolhimento domiciliário imposto para conter os contágios por SARS-CoV-2, referiu à Lusa a fonte da Polícia Marítima.

Por esse motivo, os participantes na confraternização foram identificados e alvo de processos de contraordenação, acrescentou a Polícia Marítima.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.441.926 mortos no mundo, resultantes de mais de 110,2 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 15.821 pessoas dos 794.769 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Notícias relacionadas