Portuense Daniela Braga faz parte da estratégia da Casa Branca para a inteligência artificial

Joe Biden quer definir a estratégia norte-americana em torno da inteligência artificial e, para isso, reuniu uma “task-force” de 12 especialistas no assunto para aconselharem o governo dos Estados Unidos nessa matéria. Entre os nomes convidados está o da portuense Daniela Braga, fundadora da startup DefinedCrowd, amplamente reconhecida no setor e que já trabalha com a Amazon ou a Google.

A estratégia da Casa Branca passa pela democratização da inteligência artificial e pelo seu desenvolvimento considerando o impacto na aprendizagem, nos trabalhadores, na investigação e na economia, e a tarefa deste grupo será o de aconselhamento, mas também de elaboração de um guia para a criação do centro de pesquisa norte-americano de inteligência artificial.

Fundada em 2015, a DefinedCrowd está sediada em Seattle, nos Estados Unidos, e tem escritório no Porto, além de um centro de investigação em Lisboa. É especializada na recolha, processamento e estruturação de dados de treino para inteligência artificial.

O governo de Joe Biden quer criar uma plataforma de partilha de investigação que permita o acesso de estudantes e investigadores a ferramentas computacionais, dados, ferramentas educativas e apoio ao utilizador.

Fonte: Porto.

Notícias relacionadas