Semana Cultural da Cidade do Porto

O Cartaz Cultural inicia-se, então, com:

  • “Queer Porto 7 – Festival Internacional de Cinema Queer” a decorrer até ao dia 16 de outubro no Rivoli.

A 7ª edição do Queer Porto dá palco a 3 secções competitivas e este ano estende-se a outras salas da Cidade do Porto, como a Casa Comum da Reitoria da Universidade do Porto, a Faculdade de Belas artes ou o Maus Hábitos. O Queer 7 acolhe uma programação paralela comemorativa dos 25 anos do seu congénere lisboeta, com filmes, performances e atividades académicas, que propõem um olhar sobre a história do cinema e ativismo queer, celebrando os seus protagonistas, expressões artísticas e o seu impacto na sociedade. Esta edição conta ainda com a presença da realizadora alemã Monika Treut, nome incontornável do novo cinema queer na Europa desde a década de 80.

  • No dia 13 de outubro pode assistir a “Family Film Project – Um filme concerto com Rui Reininho e convidados”. Este evento decorre pelas 21h30, no Coliseu do Porto. O seu preço é de 8 euros e está classificado para maiores de 12 anos.

Na sua 10ª edição, a Family Film Project Portugal desafiou o músico Rui Reininho a trabalhar numa banda sonora original para “The Shape of things to come”, uma seleção de filmes amadores produzida pelo arquivo italiano Home Movies. Em palco a Rui Reininho irá juntar-se Alexandre Santos para apresentar ao vivo uma seleção amadora de ficção cientifica/terror.

  • Ainda no dia 13 de outubro o evento Comedy Club está de regresso para mais uma noite recheada de humor. Desta vez, o palco do Super Bock Arena recebe Francisco Menezes que tem como convidado Max Coliban. O evento decorre pelas 21 horas e tem um valor de 10 euros.
  • Dia 14 de outubro, no Rivoli, regressa o evento “Quintas de Leitura – Aposto tudo numa elegância ferida”. Este evento decorre pelas 22h no auditório Campo Alegre e no dia 17 de outubro pelas 17 horas, via online. Sendo assim, os preços são de 9 euros para a versão presencial e de 3,50 euros para a versão online e está classificado para maiores de 12 anos.

Este evento marca a estreia de Andreia Faria neste ciclo poético. É a atmosfera poética que propõem revelar na voz e no gesto dos artistas convidados.

  • De 15 a 18 de outubro “Fernanda Fragateira e Aldara Bizarro – Caixa para Guardar o Vazio”, pelas 10h e 15 horas no Rivoli. Este evento tem um valor de 2,50 euros (crianças e grupos escolares) e de 7 euros (Adultos). Está classificado para maiores de 6 anos.

“Caixa para guardar o vazio” é uma escultura performativa criada em 2005. Esta caia é matéria, é forma e acontecimento. Apresenta-se como uma caixa de madeira fechada que é ativada pelos corpos de 2 bailarinos, que a revelam em diálogos com grupos de crianças e através de movimentos e vozes. O espaço abre-se, dobra-se, desdobra-se e expande-se criando um clima comum e de descoberta que termina com a revelação do que está no interior da escultura.

  • Nos dias 15 e 16 de outubro “Johann Le Guillerm – Le Pas Grand Chose” estará no Rivoli pelas 19h30 no dia 15 e pelas 17 horas no dia 16. O seu valor é de 12 euros e está classificado para maiores de 12 anos.

Este espetáculo é falado em francês, mas legendado em português. Desde as primeiras palavras entramos no cérebro de um conferencista rebelde. Com declarações literais e desconcertantes, ele testa, demonstra, deduz e põe à vista o fruto das suas experiências arriscadas e até disparatadas.

  • Ainda no dia 15 de outubro “Chiado Comedy Club” está de regresso ao Teatro Sá da Bandeira para mais uma noite de comédia. Este evento decorre pelas 21h30, tem um preço de 8,50 euros e está classificado para maiores de 16 anos.
  • Também “Fogo Fogo apresentam Fladu Fla” pelas 22 horas no Hard Club no dia 15 de outubro. O seu preço é de 15 euros e está classificado para maiores de 6 anos.
  • Passando para o dia 16 de outubro “Marcelo Lafontana – formas animadas – discursos”, estará pelas 19 horas no auditório do Campo Alegre. O seu preço é de 12 euros e está classificado para maiores de 12 anos.

A companhia Lafontana apresenta alguns dos mais celebres oradores políticos do século XX, que foram ditadores implacáveis e não pouparam opositores nem toleraram a liberdade de expressão.

  • Também no dia 16 de outubro “Meinhardt Krauss – Robot dreams” pelas 21 horas no auditório do Campo Alegre pelas 21 horas. O seu preço é de 12 euros e está classificado para maiores de 16 anos.

Três bailarinos encontram autómatos, Robôs e partes do corpo animados e descobrem a inteligência artificial. As criaturas que se criaram a si mesmas mostram-nos o nosso reflexo apontando a nossa vulnerabilidade e mortalidade. Objetos, programação e intérpretes fundem-se na encenação para criar um teatro de marionetas extraordinários em que as fronteiras entre o homem, a máquina e o objeto parecem totalmente esbatidas.

  • O Teatro Nacional São João recebe, de 16 de outubro a 30 de abril de 2022 “Oficina de micropedagogias”, com um valor de 10 euros.

Apresentam-se como estratégias pedagógicas a partir de práticas artísticas que têm como finalidade promover a aprendizagem de qualquer conteúdo curricular, correspondendo para o desenvolvimento do grupo e de relacionamentos interpessoais e fomentar atitudes de motivações, atenção e concentração.

  • No dia 16 “Bang Produções – Gala de Stand Up” estará no Teatro Sá da Bandeira pelas 11h30. O seu preço é de 7,50 euros e está classificado para maiores de 16 anos.
  • No dia 16 de outubro também “Nelson Freitas” vai subir ao palco do Hard Club pelas 21 horas para apresentar o seu mais recente trabalho “Dpos Quarentena”. Um trabalho que aborda os ritmos africanos e muitos outros também. Os bilhetes têm um preço de 15 euros e está classificado para maiores de 6 anos.
  • A Casa da Música recebe, ainda no dia 16 de outubro, “Três quadros de Itália” um concerto da orquestra sinfónica do Porto. Este concerto acontece pelas 18 horas, tem um valor de 14 euros e está classificado para maiores de 6 anos.

Francesco Filidei volta a estrear uma obra no Porto, desta vez com um concerto que tem como tema principal Itália.

  • A terminar o dia 16 de outubro André Carvalho, também se vai apresentar na Casa da Música com “Lost in Translation” pelas 21 horas. O seu valor é de 6 euros e está classificado para maiores de 6 anos.
  • No dia 17 de outubro “Fernando Mota – Concerto para uma árvore” estará no Café Campo Alegre pelas 17 horas. O seu preço é de 7 euros e está classificado para maiores de 6 anos.

Este concerto marca o início de uma pesquisa à volta de objetos sonoros e instrumentos musicais experimentais criados a partir de árvores e outros materiais da natureza. Este concerto é, também, a primeira paragem de um caminho que se adivinha longo e engloba outras ramificações como sistemas de comunicação entre plantas e árvores e a pesquisa poética sobre a velhice e a memória.

  • O Coliseu do Porto recebe, no dia 17 de outubro, “Concertos Promenade 2.0 – Cinderela e outras histórias” pelas 11 horas. O seu preço varia entre os 6 euros e os 72 euros e está classificado para maiores de 6 anos.

2021 assinala o regresso de projetos que fazem parte da génese do Coliseu do Porto e um dos destaques é o regresso dos icónicos concertos promenade, numa versão 2.0. Esta semana pode assistir à história da Cinderela.

  • Também no dia 17 “Os Fidalgos da Casa Mourisca – Centenário de Estreia” tem lugar marcado no Coliseu do Porto pelas 17h30. O seu preço varia entre os 10 e os 60 euros e está classificado para maiores de 12 anos.

Estreado em 1921, “Os Fidalgos da Casa Mourisca” vão ser apresentados no Coliseu pela Orquestra Metropolitana de Lisboa, dirigida pelo maestro Cesário Costa.

  • O Super Bock Arena recebe, no dia 17 de outubro o musical “Alice no País das Maravilhas”, pelas 11h30. O seu valor varia entre os 12,50 euros e os 15 euros e está classificado para maiores de 3 anos.

Uma peça divertida para miúdos e graúdos em que a curiosidade de uma criança e a experiência da sua avó levam-nos a enfrentar as consequências deste conflito ensaiado com muita música e brincadeira.

  • Dia 17 de outubro tem também “Brincar com Mozart” na Casa da Música pelas 10h30 e 15 horas. O seu preço é de 10 euros (Adulto e criança) e de 7,50 euros (segundo acompanhante).

Depois do êxito que foi Mini Mozart, continuamos numa viagem musical pelas composições e vivências do génio austríaco. É de forma lúdica e alegre que nos cruzamos com o talento do pequeno prodígio, para que ninguém se esqueça de que a música é uma festa e nos faz sentir melhor.

  • Também no dia 17 de outubro “Claire Huangci” na Casa da Música pelas 18 horas. O seu preço é de 10 euros e está classificado com maiores de 6 anos.

Dois anos depois de tocar em concerto com a Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, estreia-se agora em recital na mesma sala com um programa marcado por obras favoritas do repertório pianístico.

  • Por fim, no dia 17 de outubro, “Burnt Friendman e João Pais Filipe” também na Casa da Música pelas 21 horas. O seu preço é de 6 euros e está classificado para maiores de 6 anos.
  • No dia 18 de outubro “Comedy Club” está de regresso ao Super Bock Arena para mais uma noite de comédia. Este evento decorre pelas 21h, tem um preço de 10 euros e está classificado para maiores de 16 anos. Este evento conta com Eduardo Madeira e Adriano Moura.
  • De 19 a 23 de outubro “Festa do cinema Francês”. Este ano, este evento decorre no Teatro Municipal do Porto, com uma seleção especial para o público em geral e ainda com as tradicionais sessões escolares. Alguns filmes serão acompanhados de debates com pensadores franceses e portugueses, enriquecendo ainda mais os vínculos culturais entre ambos.
  • Também no dia 19 de outubro “Tagua Tagua – First Hand” na sala M.Ou.Co pelas 21h30 com um valor de 10 euros. Este evento está classificado para maiores de 6 anos.

No final de 2017, Felipe Puperi, compositor e produtor musical brasileiro, deu início ao projeto Tagua Tagua. Desde então, já lançou os EP’s Tombamento Inevitável (2017) e Pedaço Vivo (2018) e o disco Inteiro Metade (2020), que foi pela Natura Musical, no Brasil, e pelo selo espanhol Costa Futuro, na Europa. Ao longo dessa trajetória, Tagua Tagua se fixou como um dos principais nomes da música brasileira, não só pelas músicas, mas também pela qualidade dos videoclipes que produz: Rastro de Pó e Desatravessa chamam a atenção por suas impressionantes narrativas e fotografia.

  • A terminar o nosso Cartaz Cultural “L.U.M.E – Lisbon Underground Music Ensemble” pelas 21 horas na Casa da Música. Este evento tem um valor de 14 euros e está classificado para maiores de 6 anos.

Notícias relacionadas