Cartaz Cultural – Semana 19 a 26 de outubro

O Cartaz Cultural desta semana começa com o “2º módulo – o impressionismo e os novos clássicos da música francesa”, na Casa da Música.
Horário: 17h30
Preços: vários preços. Para saber mais, visitar o endereço https://www.casadamusica.com/pt/agenda#

O curso Livro de História da Música é dirigida a todos os públicos, independentemente da sua formação musical, e na sua 11ª edição mantém uma ligação próxima com a programação na Casa da Música. Começa com a celebração dos 250 anos do nascimento de Beethoven e um módulo exclusivamente dedicado ao célebre compositor alemão. Além deste, dois módulos centram-se em diferentes períodos da música francesa: o início do século XX com o impressionismo musical e o período barroco.

  • Passando para o dia 20 de outubro, a Casa da Música apresenta “Remix Vintage”
    Horário: 19h30
    Preço: 7,50 euros (desconto de 25% com cartão amigo)
    Classificação: M/6 anos

    No concerto que assinala o seu aniversário, conta com o coro da Casa da Música para apresentar, uma vez mais, uma estreia mundial. A 1ª parte do programa inclui música revolucionária nunca antes tocada em Portugal, ligada ao movimento espectralista que floresceu a partir dos anos 70.

  • Ainda no dia 20 de outubro, o Mosteiro São Bento da Vitória apresenta “Leituras no Mosteiro”, com a obra “Os espectros de Henrik Ibsen”
    Horário: 21 horas
    Lotação: 40 pessoas
    Entrada gratuita

  • Nos cinemas “Giselle”, estreia ainda no dia 20 de outubro. O maior de todos os ballets românticos, uma produção de Peter Wright do Clássico de Marius Pepita é uma história de traição, o sobrenatural e o amor transcendem a morte. O papel de Giselle proporciona à bailarina muitos desafios a nível técnico e dramático, desde o amor precoce da personagem até ao emocionante declínio que leva à loucura e o seu gesto final de perdão já na vida do além.

  • Dia 21 de outubro, apresenta “Marlene Monteiro Freitas Guintche (2010), no Teatro Campo Alegre.
    Horário: 21/10 – 21 horas
    22/10 – 21 horas
    Preço: 7 euros
    Duração: 1 hora
    Classificação: M/6 anos

    Esta peça deriva de uma pessoa que eu desenhei como lembrança de um concerto. Dei-lhe o nome Guintche e, entretanto, cresceu, ganhou vida própria, ganhou autonomia e revelou-se. Guintche é uma palavra em língua crioula cabo-verdiana que significa o nome de um pássaro, mas também pode representar uma atitude, a alguém que salta de um evento para o outro, sem coerência nas suas escolhas. Através da sua estrutura contraintuitiva, Guintche responde à escultura em cera – derrete, solidifica, muda de forma, entre outras coisas. No entanto, mantém sempre a mesma natureza, ou seja, permanece sempre feita da mesma cera.
  • Ainda no dia 21 de outubro “Eduardo Branco” é apresentado na Casa da Música.
    Horário: 21h30
    Preço: 5 euros ou entrada livre com cartão amigo
    Classificação: M/ 6 anos

    Compositor, letrista, cantor, produtor e guitarrista, Eduardo Branco é um talento em destaque na nova geração de músicos portugueses. Após experiências de banda com algum sucesso, há pouco mais de 2 anos gravou um EP em nome próprio, Ilusão, que venderia mais de mil cópias e cujo concerto esgotou. Desta vez, chega à Casa da Música com o álbum 97, já disponível em todas as plataformas.


  • Para terminar o dia 21, “Stevie Nicks – 24 Karat Gold é estreia nos cinemas. Stevie Nicks, ícone do Hall da Fama do Rock and Roll, trás a sua música lendária para a grande tela quando Stevie Nicks “24 Karat Gold the concert” vem selecionar cinemas para duas noites, apenas nos dias 21 e 25 de outubro. Gravado em duas noites, o filme apresenta uma lista de favoritos dos fãs e joias raras do catálogo de vendas multiplatina de Stevie. O filme destaca, também, as habilidades intuitivas e íntimas pessoas por trás de algumas das canções mais famosas da história da música.





  • De 22 a 25 de outubro, o Teatro Carlos Alberto apresenta “Folle Époque”
    Horário: 22/10 – 21 horas
    23/10 – 21 horas
    24/10 – 19 horas
    25/10 – 16 horas
    Duração: 1h30
    Classificação: M/ 16 anos

    É a primeira vez dos Sillyseason nos nossos teatros. Fundado em 2012, este coletivo vem concebendo objetos teatrais em que a própria noção de teatro se vai reconfigurando na relação com outros universos e linguagens, como o vídeo, a performance, a fotografia ou a música. Folle Époque evoca o centenário de uma era de propriedade e falência, os loucos anos 1920, revisitando-os contra o plano de fundo dos tempos “interessantes” que nos coube em sorte viver, os incertos anos 2020.

  • Dia 22/10 – Caramel Macchiato
    Local: Teatro Sá da Bandeira
    Horário: 22 e 23 de outubro ás 19 horas
    Preço: 12,50 euros a 18 euros
    Classificação: M/16 anos

    Caramel Macchiato é o segundo solo de stand up de Pedro Teixeira da Mota. Depois de desbloquear o impasse em que se encontrava, Pedro Teixeira da Mota está agora confortavelmente num café, com amigos, a contrar-lhes o que se tem passado na sua vida. Caramel Macchiato é um relato de novas experiências, viagens e das decisões que marcaram a vida do humorista.
  • De 23 de outubro a 14 de novembro “Lorenzaccio”, no Teatro do Bolhão.
    Horário: 23/10 – 19 horas
    24/10 – 21 horas
    25/10 – 16 horas (com conversas pós espetaculo)
    Restantes horários no site do Teatro Nacional de S. João
    Duração: 2h30
    Classificação_ M/ 12 anos

A partir de relatos da história de Florença do século XVI envolvendo o derrube do ducado tirano de Alessandro de Médeci, assassinado pelo primo Lorenzo,  Musset ergue tanto um drama pessoal em torno desta figura, assombrada por uma inquietação, como uma crítica a uma sociedade em decadência. Obra crucial do drama romântico francês, tida como irrepresentável ou encenada em versões amputadas, sempre foi um desafio para a companhia, que agora a estreia em Portugal.

  • No dia 23 de outubro, ainda tem “Violino Virtuoso”, na Casa da Música.
    Horário: 21 horas
    Preço: 7,50 euros (desconto de 25% com cartão amigo)

  • O dia 24 de outubro começa com “Aquecimento Paralelo com Thamiris Carvalho. No âmbito do Foco Marlene”, no Teatro Campo Alegre
    Horário: 11h e 12h
    Preço: 2, 50 euros ou gratuito mediante apresentação de bilhete para o espetáculo. As inscrições podem ser feitas através do endereço paralelo.tmp@agoraporto.pt.

    Thamiris Carvalho é um dos novos nomes no panorama local da dança contemporânea. Nascida no Rio de Janeiro e com uma extensa formação em dança contemporânea e sapateado, irá abordar as diversas raízes da dança neste Aquecimento Paralelo, transformando-o num arquivo do corpo.
  • 24/10 – “Marlene Monteiro Freitas Jaguar”, no Campo Alegre
    Horário: 19 horas
    Preço: 9 euros
    Duração: 1h45
    Classificação_ M/ 6 anos

    Jaguaré o nome dado a alguns cavalos, uma peça de dança e um teatro de marionetas. Em Jaguar somos todos marionetas. Confiar-nos-emos a outrem e às suas mãos: Mandinga d’ Soncent, Wölfli, Blaue Reiter, entre outros que, apesar de radicalmente diferentes, não serão mais do que uma extensão de nós próprios. Jaguar é um excerto, uma cena de caça ou uma cena de caça assombrada.
  • 24/10 – “Abertura, impureza, intensidade – olhares em torno da Obra de Marlene Monteiro Freitas”
    Horário: Vários horários
    Local: Rivoli e Campo Alegre
    Preço: Gratuito mediante levantamento de bilhete para cada uma das atividades.

  • 24/10 – “Capicua Madrepérola”, no Rivoli
    Horário: 21 horas
    Preço: 12 euros
    Duração: 1h15
    Classificação: M/ 6 anos

    Os portadores de bilhetes adquiridos antes do dia 25/09 deverão efetuar a troca de bilhetes online (através do email bilheteira.tmp@agoraporto.pt) ou no local de compra.

    Após anos intensos de concertos, com repertório dos discos anteriores, Capicua faz um reset e começa nova tour, com novo disco, nova formação e novo cenário. Madrepérola vem para renovar o repertório, mas sobretudo o espírito do espetáculo da rapper. A ideia é tocar o disco na íntegra, falando de cada tema cuidadosamente, como quem faz uma visita guiada a uma casa nova. Sendo um álbum de canções, com muitas vozes convidadas e muito mais dançável, exige que no palco se concretize essa energia.
  • Dia 24 de outubro “Clã Véspera” no Teatro Sá da Bandeira
    Horário: 21h30
    Preço: 10 euros a 16 euros
    Classificação: M/6 anos

    2020 marca o regresso dos Clã aos discos.  Tal como prometido, Véspera chegou com a Primavera, sob o signo da estranheza destes tempos que vivemos. Lançado em pleno confinamento, foi recebido com euforia pelos fãs da banda, imprensa e crítica especializada e o público foi no embalo. O álbum alcançou, na primeira semana, o primeiro lugar no top de vendas .
  • 24/10 – “Louis Lortie”, na Casa da Música
    Horário: 18 horas
    Preço: 7, 50 euros, com 25% desconto com cartão amigo
    Classificado: M/6 anos

    O franco-canadiano Louis Lortie é considerado um dos pianistas mais versáteis do mundo, explorando um repertório que percorre várias épocas. Na sua estreia na Casa da Música, apresenta um recital inteiramente dedicado às famosas transcrições do virtuose húngaro Liszt. Utilizadas com o intuito de divulgar a literatura de outros compositores mas também como uma forma de demonstrar os recursos virtuosos dos intérpretes.
  • 25/10, para os mais novos, “Pequena Sereira”, no Teatro Sá da Bandeira
    Horário: 15h30
    Preço: 12, 50 euros
    Classificação: M/3 anos

  • 25/10 “Supremacista cultural”, no Teatro Sá da Bandeira
    Horário: 21h30
    Preço: 10 euros a 12 euros
    Classificação: M/16 anos
    Duração: 90 minutos, sem intervalo

    A Haff Delta, os criadores da personagem humorística Jovem Conservador de Direita e as salas onde os espetáculos se vão realizar irão garantir todas as normas de segurança. Os bilhetes adquiridos têm de ser trocados.
  • 25/10 – “Bebéthoven”, na Casa da Música
    Horário: 10h e 16h
    Preço: 10 euros adulto e criança (7,50 euros segundo acompanhante)
  • 25/10 – “Viagem à Escócia” , na Casa da Música
    Horário: 12 horas
    Preço: 7,50 euros, com 25% desconto com cartão amigo
    Classificação: M/6 anos
  • 25/10 – “Daniel Bernandes e Drumming grupo percurssão”, na Casa da Música
    Preço: 7, 50 euros (25% cartão amigo)
    Horário: 21h30
    Classificação: M/6

    “A Liturgia dos Pássaros” é uma homenagem a Olivier Messiaen, numa abordagem jazzística e moderna. Embora não se conheça particular interesse do compositor e organista francês pelo jazz, há um ponto em comum que Daniel Bernardes pretende explorar com este projecto: o culto da improvisação.
  • 26/10 – “Festa do Cinema Francês no TMP”
    Horário: 21horas
    Local: Rivoli

    De 26 de outubro a 4 de novembro, venha descobrir as pérolas do cinema francês! Antestreias, encontros com realizadores e produtores, filmes para o público geral e sessões dedicadas ao público mais jovem. A Festa do Cinema Francês convida a viajar através da sempre moderna, viva e diversificada produção cinematográfica francesa. Entre o drama e o burlesco, a intervenção social e as obras poéticas, o comercial e o experimental, o desafio é percorrer os seus múltiplos caminhos, feitos de surpresa e emoção. 
PUB - Suscreve o nosso canal Youtube e ativa as notificações 👇

Notícias relacionadas