A misteriosa Lenda da Capela do Senhor da Pedra

Lenda do Senhor da Pedra: Reza a lenda que quando os habitantes de Gulpilhares se preparavam para construir uma ermida ao Senhor da Pedra, no terreiro conhecido por arraial, era frequente aparecerem sobre os rochedos junto ao mar um certa luz. Todas as noites essa mesma luz misteriosa reaparecia fazendo os habitantes acreditar que seria um sinal do Céu. Por este motivo, desistiram da construção da ermida no arraial e resolveram construir a capela no sítio onde a luz costumava aparecer, ou seja, em cima de um rochedo à beira-mar.…

Ler mais

O Duque da Ribeira – um herói portuense

Figura carismática da cidade do Porto, Deocleciano Monteiro, que ficou conhecido por Duque da Ribeira, nasceu a 24 de Março de 1902, e morreu com 94 anos a 9 de Novembro de 1996. Como o seu nome, Deocleciano, era difícil de pronunciar, a mãe passou a chamá-lo Duque da Ribeira, nome pelo qual viria a ser conhecido para o resto da sua vida. Abaixo um excerto do Programa Caminhos da História do Porto Canal sobre os Duques do Porto  Excerto do Programa Caminhos da História do Porto Canal sobre os…

Ler mais

O crime da Rua das Flores que abalou os portuenses

Um dos crimes mais marcantes ocorridos no Porto, que abalou a opinião pública de então, foi ocaso do médico Vicente Urbino de Freitas. Este destacado lente de fisiologia na escola médico-cirúrgica magicou uma perfeita e ardilosa maneira de ser ver livre dos herdeiros à fortuna do sogro. Começa por matar o cunhado José, e prossegue o plano, tentando envenenar os sobrinhos, que moravam com os avós na Rua das Flores. Em plena Semana Santa, chega à casa da Rua das Flores, uma misteriosa encomenda dirigida à sobrinha Berta Fernanda, contendo…

Ler mais

Esta é a rua mais alta da cidade do Porto!

Toda esta zona habitacional é nada mais, nada menos do que a zona mais alta existente em toda a cidade do Porto. Estamos a falar da zona habitacional do Monte do Tadeu e do Monte dos Congregados. A história desta zona habitacional remonta ao tempo dos Padres e Frades da Congregação do Oratório de Regra em honra de S. Filipe de Néri, que estabeleceram a sua casa na cidade do Porto, no ano de 1680, mesmo ao pé da estação de S. Bento, num espaço ainda hoje existente e actualmente…

Ler mais

A lenda do fantasma da estação de São Bento no Porto

“Pouca gente sabe a lenda do fantasma que ocupa a estação de São Bento, no Porto. Um fantasma doce e recatado, teimoso em vida e que, segundo a lenda, ainda percorre os corredores da estação de São Bento. Vamos recuar um pouco no tempo…” É com esta introdução que a autora (Sara Riobom) do artigo  “O fantasma da estação de São Bento no Porto” nos descreve esta lenda que merece sem dúvida ser lida por todos portuenses que têm o fascínio pelo “desconhecido” do nosso Porto. Após a leitura lembrem-se… quando estiverem…

Ler mais

A insólita inauguração da ponte D. Maria Pia

Há histórias que não ficam nos livros de história. E quando uma simples plebeia decide que deve ser ela a inaugurar uma ponte em vez da rainha, a história fica apenas guardada pelas palavras do povo e esquecida nos livros. Mas a história que se conta neste artigo dificilmente mereceria entrar em qualquer livro, talvez porque, na verdade, é embaraçosa para todos os intervenientes. A ponte foi inaugurada em 4 de Novembro de 1877. A cerimónia iniciou-se com um comboio especial, com 24 carruagens, que transportou mais de 1200 convidados desde…

Ler mais

Polícia Judiciária do Porto apreendeu pergaminho do século XIV

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, localizou e apreendeu esta terça-feira um pergaminho, cuja antiguidade remontará ao Séc. XIV, relacionado com mandado do Rei para a entrega do Castelo de Lisboa. O pergaminho foi colocado na internet e noticiado recentemente por estar à venda no Olx por 750 euros.  “No mesmo é transcrita uma ordem do Rei, dirigida a Martim Afonso Valente, Alcaide do Castelo de Lisboa, dando-lhe o poder de entregar o referido Castelo em seu nome e da Infanta D. Beatriz, tratando-se de um de três…

Ler mais

História da Igreja de Cedofeita é revisitada no verão de São Martinho

Na semana em que se revivem as tradições de São Martinho, a sessão do ciclo Um Objeto e seus Discursos por Semana escolheu revisitar a Igreja Românica de Cedofeita, dedicada precisamente a este santo. Como habitual, a conversa vai decorrer neste sábado, com início às 18 horas, naquele templo cristão localizado no Largo do Priorado. A Igreja de São Martinho de Cedofeita é considerada a mais antiga igreja do Porto (com cerca de 1500 anos) e a segunda mais antiga do país, só precedida pela Sé de Braga, cuja edificação…

Ler mais

Museu dos Clérigos reconhecido como membro da Rede Portuguesa de Museus

O Ministério da Cultura reconheceu, em Diário da República, a certificação do Museu da Irmandade dos Clérigos como um dos novos membros da Rede Portuguesa de Museus, decisão essa que entra hoje mesmo em vigor. Assinado pelo ministro Luís Filipe Castro Mendes, o despacho, citado pela Lusa, reconhece que os referidos museus “reúnem todas as condições para integrar a Rede” e considera que isso contribuirá para a “promoção do acesso à cultura e enriquecimento do património cultural português”. O padre Américo Aguiar, presidente da Irmandade dos Clérigos, declarou que “é…

Ler mais

25 de agosto de 1875 – Fundação da Associação dos Bombeiros Voluntários do Porto.

Em finais do século XIX, dada a grande expansão e desenvolvimento da Cidade, um grupo de notáveis Portuenses decidiu criar uma Associação, cuja finalidade seria dotar a Cidade e a Região com um Corpo de Bombeiros Voluntários que a Cidade há muito pedia e exigia. Nasce, assim, em 1875 a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Porto, inicialmente instalada no Pátio do Paraíso, na Rua do Bonjardim. Actualmente estão instalados no quartel localizado na Rua Rodrigues Sampaio, muito próximo da Câmara Municipal. A ideia de criar na cidade do Porto…

Ler mais